Veganismo: os pilares de um modo de vida compassivo que vai além da alimentação

 

O que é veganismo? Veganismo é uma atitude, um modo de vida que rejeita a exploração ou qualquer violência aos seres vivos sencientes; evitando consumir produtos, serviços e financiar atividades que sejam resultado da exploração intencional de todas as espécies. Considerando que os animais não podem dar o seu consentimento para que os seres humanos usem seus corpos e secreções para consumo, testes científicos, exploração e escravidão animal. Logo os praticantes do veganismo são chamados de veganos. 

veganismo é claramente a forma mais saudável e mais compassivo de vida, uma vez que podemos satisfazer plenamente as nossas necessidades, sem violar os direitos dos animais ou a destruição do meio ambiente. Além dos muitos benefícios pessoais de uma alimentação livre de animais e da rejeição da crueldade injusta, desnecessária e inerente a toda a exploração animal.

A inserção do veganismo, com base no princípio da não-violência, fornece as condições sociais adequadas para maior proteção ambiental, a redução da fome no mundo e uma melhoria na qualidade de vida em todo o nosso planeta.

ALIMENTAÇÃO NO VEGANISMO:

Ao optar pelo veganismo, você precisa planejar sua alimentação para se certificar de que inclui todos os nutrientes essenciais. Comer uma grande variedade de alimentos de origem vegetal será mais fácil para atender às suas necessidades nutricionais.

A exclusão de todos os produtos de origem animal e seus derivados da alimentação é importante para eliminar o sofrimento e viver uma vida mais compassivo. E com isso podemos incentivar e apoiar ativamente as pessoas a adotarem o veganismo, consumindo alimentos totalmente à base de frutos, vegetais, legumes, grãos e cereais. Entre muitos outros alimentos benéficos para saúde e livre de sofrimento.

Além de frutas e vegetais frescos, no veganismo pode incluir uma grande variedades de alimentos tais como, cereais, massas, pães, batatas, leguminosas (feijões, ervilhas, lentilhas, grão de bico etc), arroz, sementes e frutos oleaginosos , frutos secos, amêndoas, castanha de caju ou amendoim, creme de leite vegetal, leite de soja, tofu, tempeh ou proteínas texturizadas etc.., que não só satisfaz todas as nossas necessidades nutricionais, como também constituem uma deliciosa variedade que agrada até o mais exigente paladar.

O QUE NÃO É CONSUMIDO NO VEGANISMO:

No veganismo não existe o consumo da carne de animais (carne, aves, peixes, frutos do mar e qualquer outro modo de vida ), laticínios (leite, manteiga, queijo), ovos, mel ou subprodutos animais (como a gelatina, corante de origem animal e aromatizante, coalho). Indo além da alimentação, os veganos também não utilizam nenhum produto de origem animal, como couro, lã, seda, pele e ficando atento também no consumo doméstico e cosméticos que contenham derivados ou que tenham sido submetidos a testes em animais.

O veganos também não participam de atividades de entretenimento e desportivas que envolvam o uso de animais, como circos, cavalos, parque aquáticos, exposições e zoológicos. E se opõem à comercialização e experimentação animal.

  1. Animais não são para Comer.
  2. Animais não são para Vestir.
  3. Animais não são para Comercializar.
  4. Animais não são para Experimentos.
  5. Animais não são para Entretenimento.

PORQUE SER VEGANO?

Por que o veganismo é a melhor maneira de reduzir a demanda por produtos de origem animal, e com isso reduzindo a quantidade de animais que sofrem e são mortos todos os dias por interesses triviais dos humanos. Produtos como carne, laticínios, ovos e couro tudo envolve necessariamente um monte de sofrimento. Animais criados para esses produtos sofrem de várias formas, desde a dor, o medo, o confinamento e a tristeza (como quando uma vaca fêmea tem seu bebê tirado para que seu leite seja utilizado no consumo humano). E quando nasce macho, são abatidos com pouco dias de vida para indústria da carne.

O fato de que nós não precisamos desses produtos é mostrado pelos números crescentes de veganos todos os dias ao redor do mundo! O modo de vida vegan, é compassivo e mais saudável, além de atingir todas as nossas necessidades alimentares. Portanto, ao escolher o veganismo podemos eliminar totalmente a contribuição para o sofrimento desnecessário dos animais, vivendo uma vida, de uma forma que demonstra que causar sofrimento desnecessário aos animais não é apenas errado, mas totalmente desnecessário.

Veja no vídeo abaixo a parte mais difícil de ser vegano:

 

 

Dicas para aderir o Veganismo além da alimentação
18 médicos veganos norte-americanos que você precisa conhecer
11 receitas veganas e deliciosas para uma ceia de natal completa
Leite da amêndoas reduz o número de vacas exploradas na Califórnia
10 dons incríveis que adquirimos através do veganismo
13 documentários sobre o veganismo para você veganizar de vez

Nenhum Comentário

Deixe um comentário.